Correio do Povo

12/09/2017 14:55 - Atualizado em 12/09/2017 15:11

Esportes > Esportes

Grêmio tem vantagem contra brasileiros em mata-matas da Libertadores

Em 1996, Tricolor eliminou o Botafogo nas oitavas de final

Em 2007, Grêmio eliminou São Paulo e Santos na Libertadores- Crédito: Roberto Vinícius / CP Memória
Em 2007, Grêmio eliminou São Paulo e Santos na Libertadores
Crédito: Roberto Vinícius / CP Memória

Oito anos depois, o Grêmio vai voltar a jogar pelas quartas de final de Libertadores e fará um confronto nacional com o Botafogo a partir desta quarta-feira. O Tricolor tem o histórico a seu favor. Das oito vezes que encarou times brasileiros em mata-matas da maior competição continental, avançou em cinco. O próprio Botafogo foi eliminado pelo clube gaúcho em uma oportunidade. O primeiro confronto do Grêmio contra clube brasileiro em mata-mata de Libertadores é até hoje lembrado por qualquer gremista. Em 1995, o Tricolor goleou o Palmeiras por 5 a 0 no Olímpico. Na volta, um jogo eletrizante terminou com 5 a 1 para os paulistas e o Grêmio avançou para conquistar o bicampeonato. Como defensor do título, o Grêmio estreou na Libertadores de 1996 apenas nas oitavas de final. E o adversário foi o Botafogo. Mais uma vez o Tricolor avançou. Após um empate em 1 a 1 no Rio de Janeiro, Carlos Miguel e Luciano garantiram a classificação no Olímpico com vitória de 2 a 0. Na mesma Libertadores, o Grêmio enfrentou o Corinthians nas quartas de final e também levou a melhor. O primeiro revés do Grêmio em um confronto com clube brasileiro na Libertadores veio em 1997. Nas quartas de final, o time então comandado por Evaristo de Macedo perdeu no Mineirão por 2 a 0 e a vitória de 2 a 1 no Olímpico na volta não foi suficiente para evitar a eliminação. No ano seguinte, o Tricolor voltou a cair para um clube brasileiro, o Vasco da Gama, com empate de 1 a 1 em Porto Alegre e derrota de 1 a 0 em São Januário. O Grêmio só voltou a encarar um clube brasileiro em mata-mata de Libertadores nove anos depois. E foram dois confrontos em 2009, ambos com vitória gaúcha. Nas oitavas de final do torneio, o time de Mano Menezes enfrentou o São Paulo. Após derrota de 1 a 0 no Morumbi, os gols de Tcheco e Diego Souza garantiram a vitória de 2 a 0 no Olímpico e a classificação. Na semifinal, o adversário foi o Santos. O Grêmio venceu novamente por 2 a 0 em casa e avançou à final mesmo com derrota de 3 a 1 na Vila Belmiro. O Cruzeiro voltou a ser adversário do Grêmio na Libertadores de 2009. Na ocasião, a equipe que tinha a melhor campanha do torneio não conseguiu fazer valer a vantagem de decidir em casa no confronto válido pela semifinal. Com derrota de 3 a 1 no Mineirão e empate por 2 a 2 no Olímpico, o Tricolor viu o sonho de chegar a mais uma final acabar. Grêmio contra brasileiros em mata-matas de Libertadores 1995 Quartas de final Grêmio 5 x 0 Palmeiras Palmeiras 5 x 1 Grêmio 1996 Oitavas de final Botafogo 1 x 1 Grêmio Grêmio 2 x 0 Botafogo Quartas de final Corinthians 0 x 3 Grêmio Grêmio 0 x 1 Corinthians 1997 Quartas de final Cruzeiro 2 x 0 Grêmio Grêmio 2 x 1 Cruzeiro 1998 Quartas de final Grêmio 1 x 1 Vasco Vasco 1 x 0 Grêmio 2007 Oitavas de final São Paulo 1 x 0 Grêmio Grêmio 2 x 0 São Paulo Semifinal Grêmio 2 x 0 Santos Santos 3 x 1 Grêmio 2009 Semifinal Cruzeiro 3 x 1 Grêmio Grêmio 2 x 2 Cruzeiro

ESPORTES > correio@correiodopovo.com.br