Porto Alegre

13ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 24 de Outubro de 2017

  • 10/10/2017
  • 18:51

Instituição uruguaia vê como lamentável suspensão da importação do leite

Presidente do Inale afirma que produção de lácteos de 2016 foi grande em razão de estoques de 2015

  • Comentários
  • Correio do Povo

O presidente do Instituto Nacional do Leite do Uruguai (Inale), Ricardo De Izaguirre, classificou de “acusação lamentável” a justificativa do Brasil para suspender a importação de produtos lácteos uruguaios. A medida, anunciada nesta terça-feira, valerá enquanto autoridades brasileiras investigam se os produtos de origem do leite são, de fato, produzidos no Uruguai.

Izaguirre disse ao jornal uruguaio El País que em 2016 vendeu-se mais leite que a produção, porque havia estoque de 2015.“A triangulação implica importar leite de outro país, coisa que o Uruguai não faz, processar e vender como produto pronto dentro do Mercosul”, afirmou ele, negando também que o país sul-americano importe leite da Nova Zelândia “nem de nenhum outro país”.

O ministro da Agricultura brasileiro, Blairo Maggi, afirmou que setores reclamam da quantidade e leite importado do Uruguai, alegando que a produção seria insuficiente para exportar a quantidade que chega ao Brasil.


TAGS » Rural, Brasil, Uruguai, Leite