Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 22 de Outubro de 2017

  • 11/08/2017
  • 15:00
  • Atualização: 15:18

Criminoso ligado a Fernandinho Beira-Mar é preso em Tramandaí

Homem tentou subornar policiais com oferta de R$ 1 milhão

Quadrilha havia fixado residência em Tramandaí | Foto: Polícia Civil / Divulgação / CP

Quadrilha havia fixado residência em Tramandaí | Foto: Polícia Civil / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Lu Winck

Após receber informações dando conta de que uma quadrilha havia fixado residência em Tramandaí, com o objetivo de efetuar roubos a bancos, policiais civis e militares interceptaram uma Blazer na avenida Fernandes Bastos. Ao inspecionarem o utilitário na noite dessa quinta, encontraram várias carteiras de identidade falsificadas. 

Temendo ser presa, a condutora do utilitário informou onde estava morando com o marido, um foragido do sistema prisional. Policiais civis e militares deslocaram até a rua Sólon Padilha, bairro Cruzeiro do Sul, e flagraram indivíduos escondendo RS 103 mil em uma pick-up Amarok. Os criminosos tentaram fugir, mas foram presos. No momento da ação, José Paulo Vieira de Mello, o Paulo Seco, ligado ao megatraficante carioca Fernandinho Beira-Mar, saiu correndo carregando algo. Mas não foi muito longe. Os agentes chegaram a desferir cinco tiros em sua direção, ocasião em que ele descartou algo pelo caminho e depois deitou no chão. Perto dele, os policiais encontraram o smartphone que ele jogou fora.

No interior da residência foram localizados aproximadamente 40 (quarenta) telefones celulares e diversas ferramentas semelhantes às utilizadas em arrombamentos de caixas eletrônicos. Marino ainda tentou esconder um celular dentro do vaso sanitário. Sentindo-se perdido, Paulo Seco ainda tentou uma última cartada e só piorou a sua situação: tentou subornar os policiais com a oferta de R$ 1 milhão a fim de que fossem embora sem efetuar apreensões e prisões. Todos acabaram presos e, depois de autuados em flagrante, foram encaminhados ao sistema prisional.


TAGS » Polícia, Tramandaí