Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 19 de Outubro de 2017

  • 10/10/2017
  • 10:27
  • Atualização: 10:53

PF faz operação contra o roubo de dados da Receita Federal em Canoas e Cachoeirinha

Oito mandados de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão devem ser cumpridos

  • Comentários
  • Jéssica Moraes / Rádio Guaíba

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira, a Operação Spy para apurar práticas de espionagem industrial, realizadas através do acesso a bancos de dados internos da Receita Federal. Os policiais federais, que contam com auxílio de agentes da própria Receita, cumprem mandados nas cidades de Canoas e Cachoeirinha, no Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Cascavel, no Paraná, e Brasília, no Distrito Federal.

Foram expedidos oito mandados de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão. Até o momento, seis pessoas foram presas. Cerca de 60 policiais federais e 10 servidores da Receita Federal participam da operação.

A investigação começou em setembro de 2016 por meio de informações da Corregedoria da Receita Federal. Os dados relacionados à atividade de comércio exterior estavam sendo extraídos de sistemas internos e sendo repassados, por meio de pagamentos, para empresas que desempenham atividades de exportação ou importação. Os crimes investigados na Operação Spy são corrupção ativa e passiva, e lavagem de dinheiro.