Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

  • 08/08/2017
  • 21:44
  • Atualização: 21:56

Santa Cruz perde para Criciúma de virada e afunda crise na Série B

Com resultado, o time catarinense chega aos 29 pontos e se aproxima da briga pelo G4

Com o resultado, o time catarinense chega aos 29 pontos e se aproxima da briga pelo G4  | Foto: Santa Cruz / Divulgação / CP

Com o resultado, o time catarinense chega aos 29 pontos e se aproxima da briga pelo G4 | Foto: Santa Cruz / Divulgação / CP

  • Comentários
  • AE

O Criciúma bateu o Santa Cruz por 2 a 1, de virada, em pleno estádio do Arruda, no Recife, nesta terça-feira, na partida que abriu a 20ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, a primeira do segundo turno. Com o resultado, o time catarinense chega aos 29 pontos e se aproxima da briga pelo G4 - a zona de acesso.

Com 23 pontos, o Santa Cruz segue em situação complicada em relação à briga contra o rebaixamento. Não vence há cinco rodadas e perdeu o seu quarto jogo seguido. O time

pernambucano é o primeiro fora da zona da degola e está com dois meses de salários atrasados.

O jogo começou movimentado, com os dois times criando chances para abrir o placar, mas foi o Santa Cruz que aproveitou melhor as oportunidades que teve. Aos 28 minutos, em bela jogada de pé em pé passando por Ricardo Bueno e Yuri, André Luís recebeu sozinho na pequena área e só teve o trabalho de completar contra o gol vazio.

Na comemoração, o meia tentou pular uma placa de publicidade, calculou mal o salto e acabou machucando o joelho esquerdo. Ele foi atendido pelos médicos do clube e conseguiu seguir em campo após protagonizar o momento bizarro.

A resposta do Criciúma foi logo no primeiro minuto do segundo tempo. Silvinho tabelou com Alex Maranhão, passou no meio de dois adversários e marcou um lindo gol. Melhor no jogo, o visitante ainda virou aos 30 com mais um golaço. Erick Flores cruzou e Alex Maranhão completou de voleio para marcar o segundo e garantir a vitória fora de casa.

O Santa Cruz sentiu o golpe e mesmo na pressão não conseguiu evitar a derrota. Os poucos torcedores que foram ao estádio do Arruda vaiaram os jogadores. Um presente indesejável pra o técnico Givanildo Oliveira, que completou 69 anos nesta terça-feira.