Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

  • 06/08/2017
  • 10:00
  • Atualização: 10:04

Melo prega regularidade e diz que Série B é competição de resistência

Dirigente do Inter celebrou sequência de bons desempenhos

Edenilson foi um dos destaques da vitória do Inter sobre o Guarani | Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP

Edenilson foi um dos destaques da vitória do Inter sobre o Guarani | Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

O Campeonato Brasileiro Série B não é uma corrida de 100 metros rasos, mas uma maratona. Foi neste sentido que o vice-presidente de futebol do Inter, Roberto Melo, definiu a competição em que o que mais importa é ser regular. "No certame passado, o Vasco liderou um turno inteiro, mas terminou 11 pontos atrás do Atlético-GO. Anteriormente, o Bahia, que estava atrás do Ceará, encerrou o campeonato nove pontos à frente. É uma competição de resistência, de chegada, não de largada. Agora temos que manter essa regularidade", disse em entrevista coletiva depois da vitória sobre o Guarani

Apesar do bom momento, Melo destacou a necessidade de ampliar a boa fase. O dirigente comentou que não há mais espaço para alternâncias. "A gente vinha procurando essa regularidade, vinha alternando bons jogos e outros que não ia bem. Agora temos uma sequência de desempenho e isso é importante. Estamos no lugar que nos levaria para Série A. Alcançamos o nosso objetivo, mas tem muita coisa para acontecer", acrescentou.  

Conforme o vice-presidente colorado, a troca de comando provocou a oscilação do Inter. "Nos últimos sete jogos, tivemos cinco vitórias. Antes disso, vivemos uma grande oscilação, quando houve a troca do comando técnico, algo que a gente não gosta de fazer. O Guto chegou e teve seis, sete jogos em que não teve tempo para treinar. A equipe deixou de fazer as coisas boas que vinha fazendo com o Antonio Carlos e ainda não conseguia assimilar as coisas que o Guto tentava passar na base da conversa. A partir do momento que tivemos tempo para treinar, conseguimos reagir e a gente espera manter esse padrão", completou.