Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

  • 05/08/2017
  • 19:33
  • Atualização: 20:09

Grupo mostrou maturidade, mas faltam 19 jogos, lembra Guto Ferreira

Técnico comemorou a humildade para marcar da equipe e o sentido coletivo do Inter em Campinas

Guto destacou a maturidade da equipe e a humildade para marcar em Campinas | Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP

Guto destacou a maturidade da equipe e a humildade para marcar em Campinas | Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O técnico Guto Ferreira comemorou bastante a vitória do Inter sobre o Guarani, por 2 a 0, em Campinas, mas fez questão de lembrar que a equipe tem “muito a crescer” e que faltam 19 partidas para o término da Série B. O treinador destacou ainda a maturidade do time e o sentido coletivo apresentado pelo Inter contra o Bugre, neste sábado.

“A vitória foi fruto do trabalho de um grupo que é muito comprometido. Gosta e se entrega de corpo e alma ao trabalho com muita intensidade. O grupo foi de uma humildade para marcar que foi algo fantástico. O que eles vêm colhendo é fruto do que vêm fazendo dentro de campo. Buscar o coletivo primeiro e depois a individualidade. Um jogar pelo outro. Um proteger o outro. Esse é o comportamento que fortalece o Inter e faz conquistar as vitórias”, destacou o técnico.

Guto lembrou que o começo de campeonato ruim do Inter foi causado pela instabilidade após Gauchão e pelas constantes mudanças de grupo de janeiro até julho. Apesar de as três vitórias seguidas sem sofrer gols e da vice-liderança, o comandante prega “pezinhos no chão”, pois a competição é longa.

“Estávamos plantando para isso. A data exata, não tínhamos como cravar e ainda não está exatamente dentro daquilo que a gente quer. Queremos melhorar, pois quando pararmos de buscar a melhora, começamos a nos acomodar e vem a queda. E não podemos pensar dessa maneira, pois faltam 19 jogos e temos um grupo qualificado para crescer. Que hoje mostrou uma maturidade muito grande. Isso me deixa muito feliz e eles recebendo muito bem”, declarou o treinador.

Técnico explica o porquê de Camilo no banco

A opção por Sasha na equipe, com o recém-contratado Camilo no banco, também foi explicada pelo técnico. O ex-jogador do Botafogo foi apresentado há 13 dias como atleta do Inter e estreou na terça-feira com a suspensão de D’Alessandro. “O Sasha é mais especialista na beirada que o Camilo. Para o momento do jogo, dentro da estratégia, eu precisava do Sasha e não do Camilo, que está chegando. Tanto que ele entrou no setor e a equipe manteve a qualidade de jogo. O Sasha fez o gol no primeiro tempo e o Camilo deu à equipe o que precisava para retomar o comando do jogo”, explicou Guto Ferreira.

O Inter retorna neste sábado para Porto Alegre. O domingo será de folga e a reapresentação está marcada para segunda-feira, às 15h30min. O próximo compromisso é contra o Londrina, no próximo sábado, às 16h30min, no estádio Beira-Rio.