Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

  • 06/08/2017
  • 18:33
  • Atualização: 19:29

São Paulo perde para o Bahia e termina o 1º turno na zona de rebaixamento

Com vitória por 2 a 1 donos da casa ainda encerraram um jejum de quase dois meses sem vitórias em casa pelo torneio

Com vitória por 2 a 1 donos da casa ainda encerraram um jejum de quase dois meses sem vitórias em casa pelo torneio | Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC / CP

Com vitória por 2 a 1 donos da casa ainda encerraram um jejum de quase dois meses sem vitórias em casa pelo torneio | Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC / CP

  • Comentários
  • AE

O São Paulo perdeu para o Bahia por 2 a 1 na Fonte Nova, neste domingo, e terminou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro na zona de rebaixamento. Com gols de Régis e Mendoza, os donos da casa ainda encerraram um jejum de quase dois meses sem vitórias em casa pelo torneio. Hernanes descontou para o time paulista, de pênalti. Com o resultado, o São Paulo termina o primeiro turno do Brasileirão com 19 pontos. Já a vitória deixa o Bahia com 23 pontos, mais distante da zona de descenso do torneio nacional.

Na primeira rodada do segundo turno, o São Paulo enfrentará o Cruzeiro, no Morumbi, no próximo domingo, às 11 horas, enquanto o Bahia vai à Curitiba jogar contra o Atlético-PR, às 19h. Cueva, que recebeu o terceiro cartão amarelo neste domingo, vai desfalcar o time paulista.

A partida

Em confronto direto para se distanciar das últimas posições do torneio, os times fizeram um primeiro tempo equilibrado, enquanto na segunda metade do jogo o São Paulo tentou pressionar, mas o placar já estava definido.

Com dores nas costas, o lateral Bruno foi desfalque de última hora no São Paulo. Júnior Tavares, recuperado de um edema muscular e fora dos dois últimos jogos do São Paulo, voltou a campo, substituindo Edimar durante o segundo tempo.

O confronto pelos três pontos que poderiam deixar Bahia ou São Paulo fora da zona de rebaixamento ao final do primeiro turno do Brasileirão começou morno. Muitos passes errados e poucas oportunidades de gol marcaram os primeiros 30 minutos de jogo.

As primeiras chances reais de gol só surgiram depois disso. Aos 31, Pratto roubou a bola no setor ofensivo e passou para Cueva, na entrada da área, que chutou com o pé direito à esquerda do gol de Jean. No minuto seguinte, o peruano voltou a finalizar da entrada da área, desta vez mais alto, mas parou nas mãos do goleiro do Bahia.

O jogo ganhou fôlego somente nos cinco minutos finais da primeira etapa. Aos 40, Régis, ex-São Paulo, aproveitou cruzamento de Rodrigão na pequena área e abriu o placar para o Bahia. Quatro minutos depois, Mendoza recebeu de Régis frente a frente com Renan Ribeiro e, de primeira, ampliou a vantagem para o time da casa.

Nos acréscimos, Jean derrubou Pratto dentro na área e recebeu cartão amarelo. O árbitro marcou pênalti e Hernanes pediu para bater. Na cobrança, o meia descontou para o São Paulo após chute rasteiro, à direita do goleiro, que pulou para o lado errado.

O São Paulo voltou para o segundo tempo dominando o jogo, porém conseguiu criar poucas oportunidades. Aos 23 minutos, depois de cobrança de falta de Hernanes, Éder Militão foi puxado pela camisa por Edson dentro da área, mas a arbitragem não marcou pênalti.

Em desvantagem, o time paulista apostou nos cruzamentos, mas encarou um Bahia fechado no setor defensivo. Nos acréscimos do segundo tempo, o Bahia ainda teve um gol anulado por impedimento de Allione. Assim, a partida terminou com a derrota do São Paulo por 2 a 1.