Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

  • 16/07/2017
  • 19:00
  • Atualização: 19:05

Atlético-MG derrota o Atlético Goianiense de virada

Time mineiro reagiu no segundo tempo e venceu por 2 a 1

Time mineiro reagiu no segundo tempo e venceu por 2 a 1 | Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG / CP

Time mineiro reagiu no segundo tempo e venceu por 2 a 1 | Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG / CP

  • Comentários
  • AE

O Atlético Mineiro venceu o Atlético Goianiense por 2 a 1, de virada, neste domingo, no estádio Olímpico, em Goiânia, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar do triunfo, a equipe visitante não fez um bom jogo e os anfitriões só não saíram de campo com um triunfo graças à grande atuação do goleiro Victor.

O time goiano, que vinha animado após empate por 2 a 2 com o São Paulo, no Morumbi, continua na lanterna com apenas oito pontos. A equipe mineira interrompeu a série de dois jogos sem vitória e foi aos 20 pontos e ficou bem próximo do G6 (zona de classificação para a Libertadores) do Brasileirão.

Em campo, as equipes iniciaram a partida em ritmo bastante cadenciado por conta do calor e da baixa umidade do ar, que gerou uma parada técnica para hidratação aos 20 minutos. Somente após a pausa é que a partida melhorou.

Aos 23 minutos, o time da casa abriu o placar. Bruno Pacheco cobrou falta da esquerda, Fred desviou no meio da área e a bola sobrou do outro lado para Igor. O volante bateu de primeira e acertou o canto esquerdo de Victor.

A vantagem animou os goianos, apoiados por sua torcida. Niltinho criou outra grande chance aos 34, quando invadiu a área pelo lado direito e bateu rasteiro. Desta vez, Victor esticou o pé esquerdo e mandou para escanteio. O goleiro evitou de novo o gol aos 44, quando saltou e espalmou o chute de longe de Paulinho.

O time mineiro ficou devendo futebol. Foi apático e não conseguiu chutar uma bola no goleiro Felipe Garcia. No intervalo, o técnico Roger Machado fez duas mudanças. Tirou o zagueiro Bremer, que já tinha cartão amarelo, para a entrada de Matheus Mancini, enquanto saiu Marlone para a entrada de Robinho.

Os goianos voltaram recuados para explorar os contra ataques. E tiveram tudo para ampliar o placar aos três. Paulinho foi lançado nas costas da defesa e ficou cara a cara com Victor. Ele chutou rasteiro, mas o goleiro deu um toque sutil com a ponta dos dedos e mandou a bola para escanteio.

Os mineiros empataram aos 11. Fred desviou de cabeça a falta cobrada por Cazares. O gol deu ânimo e a virada veio em um contra-ataque aos 27 minutos. Alex Silva cruzou da direita e Elias mandou para as redes de cabeça.

No desespero, o técnico Doriva fez duas trocas no time goiano. Entraram Luis Fernando e Jonathan nas vagas, respectivamente, de Igor e André Castro. Nada mudou. O time já estava abatido e sem força de reação.

No meio de semana, pela 15.ª rodada, o Atlético Goianiense vai pegar o Sport, em Recife, na quinta-feira, às 19h30. Na quarta-feira, às 21h45, o Atlético Mineiro recebe o Bahia, no Mineirão, em Belo Horizonte.