Porto Alegre

29ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

  • 31/07/2017
  • 13:10
  • Atualização: 17:27

Ator e escritor Sam Shepard morre aos 73 anos

Artista teve complicações de uma esclerose amiotrófica lateral

Ator e escritor Sam Shepard morre aos 73 anos  | Foto: Francois Guillot / AFP / CP

Ator e escritor Sam Shepard morre aos 73 anos | Foto: Francois Guillot / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O ator e escritor americano Sam Shepard faleceu aos 73 anos devido a complicações da esclerose lateral amiotrófica (ELA), também conhecida como doença de Lou Gehrig, informou nesta segunda-feira o porta-voz da família. "Shepard faleceu em seu rancho de Kentucky na quinta-feira, 27 de julho, por conta de complicações da ELA", disse Chris Boneau em comunicado. "Estava com sua família no momento da morte", acrescentou o porta-voz, que pediu que respeitem a privacidade da família.

Os preparativos para o funeral são privados e ainda não há planos para uma homenagem pública, disse Boneau. Shepard escreveu 44 obras de teatro, livros de contos curtos, ensaios e memórias. Também foi indicado a um Oscar como ator coadjuvante pelo filme "Os Eleitos" (1983) e ganhou um prêmio Pulitzer de melhor obra teatral em 1979 por "Buried Child". Também foi corroteirista do filme de Wim Wenders "Paris, Texas", que venceu a Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1984. Um de seus papéis mais recentes foi na série "Bloodline", produzida pela Netflix.

O lado mais obscuro

Suas poéticas obras contam com personagens à margem da sociedade e também com o lado mais obscuro do "American Dream", por vezes com doses de surrealismo e humor. "Na minha opinião, o tempo dirá que foi uma das vozes mais significativas dos Estados Unidos, que contou a história dos Estados Unidos com uma profunda percepção e com um ouvido para a expressão de nossas esperanças e medos mais profundos", disse  Gary Grant, acadêmico especialista em Shepard que dirigiu várias obras suas.

A organização PEN America, que lhe outorgou o prêmio de teatro PEN/Laura Pels International Foundation em 2009, assegurou nesta segunda-feira que "o legado de Shepard no teatro americano é inquestionável". Nascido em 5 de novembro de 1943 em Illinois, Shepard teve uma vida nômade, mudando-se de uma base militar a outra porque seu pai era militar e ex-piloto da Segunda Guerra Mundial. Sua mãe era professora.

Formou-se em um liceu em Duarte, na Califórnia, onde já escrevia poesias e atuava, além de trabalhar em um estábulo e cuidar de cavalos. Começou a estudar Agronomia na universidade, mas abandonou os estudos para se juntar a um grupo de teatro itinerante e chegou a Nova Iorque no início dos anos 1960, onde começou a escrever peças.

Shepard ensinou a escrever roteiros de teatro em universidades, ateliês, festivais e seminários. Foi escolhido para a Academia americana de Artes e Letras em 1986. O ator deixa três filhos: um de sua primeira esposa O-Lan Jones, Jesse, e dois de sua ex-mulher e famosa atriz Jessica Lange, Hannah e Walker.



TAGS » Gente, Morte, Variedades