Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

  • 11/07/2017
  • 14:52
  • Atualização: 15:39

HBO anuncia documentário sobre Steven Spielberg

Produção reunirá entrevistas com o diretor e mais de 80 personalidades do cinema

"Spielberg" será lançado nos Estados Unidos em 7 de outubro | Foto: Frederic J. Brown / AFP / Getty Images North America / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A HBO vai transformar a trajetória profissional de um dos mais talentosos cineastas de sua geração em documentário. Vencedor de dois prêmios Oscar de melhor diretor e um de melhor filme, Steven Spielberg será o narrador de "Spielberg", obra que retratará seus quase 50 anos de carreira. Dirigida por Susan Lacy, a produção será exibida pela emissora nos Estados Unidos no dia 7 de outubro, mesma data em que será disponibilizada no HBO Go. Ainda não há previsão para transmissão no Brasil.

O documentário original promete entrevistas exclusivas com amigos e familiares do cineasta, assim como gravações de bastidores inéditas de "Tubarão", "A Lista de Schindler", "O Resgate do Soldado Ryan", "E.T. – O Extraterrestre", "Jurassic Park" e "Os Caçadores da Arca Perdida". Entre os mais de 80 nomes entrevistados para a produção estão J.J. Abrams, Christian Bale, Cate Blanchett, Francis Ford Coppola, Daniel Craig, Daniel Day-Lewis, Brian de Palma, Laura Dern, Leonardo DiCaprio, Harrison Ford, Tom Hanks, Dustin Hoffman, Holly Hunter, Jeffrey Katzenberg, Ben Kingsley, Kathleen Kennedy, George Lucas, Liam Neeson, Martin Scorsese e Oprah Winfrey.

O documentário em longa-metragem, de acordo com comunidado divulgado pela HBO, "examina profundamente a filmografia de Spielberg, revelando como suas experiências alimentaram seu trabalho e o mudaram ao longo do tempo". "Com base na evolução desta figura icônica, Lacy aproveita quase 30 horas de entrevistas exclusivas com o diretor, que se abre sobre sua infância agridoce e sua obsessão ao longo da vida com o cinema, seu precoce trabalho na TV, sua ascensão à fama através uma incrível série de blockbusters, suas últimas incursões em filmes dramáticos mais sérios e as relações pessoais e profissionais que ele cultivou ao longo dos anos", informa o texto.

O resultado "é um retrato extraordinariamente íntimo que combina a fascinante narrativa de primeira pessoa de Spielberg com uma exploração aprofundada do processo criativo, destacando temas como separação, reconciliação, patriotismo, humanidade e maravilha". Nascido em 1946, em uma família judaica de classe média, o diretor cursou Cinema na Universidade da Califórnia e aos 22 anos filmou "Amblin", curta que possibilitou sua entrada na Universal Studios, onde passou a realizar vários filmes para a TV americana, o que lhe abriu as portas para Hollywood.