Porto Alegre

13ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 24 de Outubro de 2017

  • 02/10/2017
  • 14:55
  • Atualização: 16:11

Sala Redenção apresenta filmes poloneses contemporâneos e de Amos Gitai em outubro

Programação do mês também conta com mostra sobre "Território e Resistência"

"Tudo que amo" traz a história de quatro amigos que tentam montam banda de rock na Polônia nos anos 80 | Foto: Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A Sala Redenção - Cinema Universitário (Eng. Luiz Englert, s/nº), em Porto Alegre, recebe no mês de outubro mostras e sessões especiais, numa programação que segue até 27 de outubro. O espaço recebe os ciclos "Vídeos e Cinema Expandido BIM em BienalSur: Território e Resistência", do dia 4 ao dia 9; "Amos Gitai", de 10 a 13; "Cine Caramelo", de 16 a 20. A mostra "Poloneses Contemporâneos" encerra a agenda, entre os dias 23 e 27, com exibição de quatro filmes produzidos na última década.

"Vídeos e Cinema Expandido BIM em BienalSur: Território e Resistência" tem curadoria de Andrés Denegri e Gabriela Golder e exibe quatro longas que abordam questões políticas, culturais e de identidade. A mostra "Amos Gitai" traz à Capital uma projeção da trilogia do cineasta israelense Amos Gitai, contando com os filmes "House" (1980), "A House in Jerusalem" (1998) e "News from Home/News from House" (2006).

"Cine Caramelo - Festival infantojuvenil de cinema de Porto Alegre", chega a sua quarta edição trazendo muitas obras para serem apreciadas por crianças, jovens e adultos. O tema que guia a programação deste ano é ritos de passagem, de fábulas realistas a mundos fantásticos e reinos mágicos. São filmes que retratam experiências individuais e refletem a nível coletivo e social, colocando a educação mais uma vez em pauta.

Já a mostra sobre filmes polacos traz obras de diferentes gêneros, emcabeçada pelo drama "Tudo que amo" (2009), no qual amigos tentam formar uma banda de punk rock na Polônia em um país em meio a mudanças de forças políticas e greves gerais. Já "O moinho e a Cruz" (2011), aventou-se na experiência de encenar o processo da pintura da última tela tela do pintor renascentista Pieter Bruegel, "Procissão para o Calvário". "Body" (2015) ganhou o Urso de Prata de melhor direção no Festival de Berlim e conta a história de um investigador de polícia, que tem uma filha que sofre de anorexia e de uma terapeuta espírita que tratará da menina. Para fechar a programação, será exibido "Demon" (2017), uma mistura de drama, comédia e terror psicológico sobre o passado da Polônia.


Confira a programação:

Mostra de Vídeos e Cinema Expandido BIM em BienalSur: Território e Resistência:

04/10 (16h) e 09/10 (19h):

"Recordação"(2015)

05/10 (16h):

"Dial H-I-S-T-O-R-Y" (1997)

05/10 (19h) e 06/10 (16h):

"Do Outro Lado Do Rio" (2004)

06/10 (19h) e 09/10 (16h):

"Toponímia" (2015)

Mostra "Amos Gitai":

10/10 (16h) e 13/10 (19h):

"House" (1980)

10/10 (19h) e 11/10 (16h):

"A House in Jerusalem" (1998)

11/10 (19h) e 13/10 (16h):

"News from Home / News from House" (2005)

"Cine Caramelo":

06/10 (14h15min):

"Cavaleiro Ferrugem"  (2013)

16/10 (16h):

"O Serviço de Entregas da Kiki" (1989)

16/10 (19h):

"Casa Grande" (2014)

17/10 (14h15min):

"O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes" (2009)

17/10 (16h):

"Pense Grande" (2016)

"Uma Escolha" (2017)

17/10 (19h):

"Mãe Só Há Uma" (2016)

18/10 (14h15min):

"Festa No Céu" (2014)

18/10 (16h):

"Meninos E Reis" (2016)

18/10 (19h):

"A Família Dionti" (2015)

"Mostra Poloneses Contemporâneos":

23/10 (16h) e 26/10 (19h):

"Tudo que amo" (2009)

23/10 (19h),  24/10 (16h) e 27/10 (19h):

"O moinho e a Cruz" (2011)

24/10 (19h) e 25/10 (16h):

"Body" (2015)

26/10 (16h) e 27/10 (16h):

"Demon" (2015)